• Limpeza química de área

    É o controle da vegetação indesejada através de aplicação de herbicidas, conforme o monitoramento de ervas.

  • Plantio Manual

    O objetivo desta atividade é de levar para o campo as mudas que deverão ser plantadas com qualidade.

  • Aplicação de calcário

    Fornecer nutrientes cálcio (Ca) e magnésio (Mg) para a planta, possibilitando assim condições ideais para seu desenvolvimento.

  • Capina química na entre linha

    O objetivo desta atividade é o controle químico do mato competição da entre linha.

  • Adubação de cobertura

    Fornecer nutrientes necessários à planta possibilitando, assim, condições ideais para seu desenvolvimento.

  • Viveiro de mudas

    Produção de mudas clonadas da melhor qualidade para atender o programa de implantação.

  • Capina química

    O objetivo desta atividade é de manter área ao redor da planta isenta de mato competição.

  • Combate a formigas

    O objetivo desta atividade é o controle de infestação de formigas cortadeiras em floresta de eucaliptos evitando danos às mudas.

  • Adubação de base

    Fornecer nutrientes necessários a planta possibilitando assim condições ideais para o seu desenvolvimento inicial.

  • Preparo de solo

    Desestruturar o solo a fim de proporcionar um meio adequado para o desenvolvimento da planta.

  • Viveiro de Mudas

    Produção de mudas clonadas da melhor qualidade para atender o programa de implantação.

  • Irrigação

    A atividade de irrigação tem como objetivo repor a umidade do solo e fornecer as plantas condições de sobrevivência em situações em que o solo apresenta déficit hídrico.

Notícias

Porque conduzir a rebrota em sua floresta de eucalipto?

Porque conduzir a rebrota em sua floresta de eucalipto? Reportagem exibida no programa Painel Florestal (Canal Rural) do dia 27 de julho de 2013

 

O repórter Everton Falcão mostra reportagem os cuidados necessários para conduzir a rebrota em uma floresta de eucalipto.

O consultor Celso Medeiros orienta que antes do primeiro corte é necessário fazer uma adubação e preparar a floresta para que o índice de rebrota seja próximo a 100%.

Produtores florestais de Mato Grosso do Sul estão animados com as possibilidades da primeira experiência com a rebrota e pretendem vender a madeira para fábricas de celulose além de produzir carvão vegetal.